abrotea

palavras!simples palavras! patriciags468@gmail.com

sexta-feira, março 24, 2006

Folhas caídas...


Estou sozinha, sabes? Sozinha. Nem tu, nem ninguém mais se senta a
meu lado. Este banco de jardim passou a ser apenas meu. Sento-me mas
não me recosto. Assim, sei que os meus olhos não olharão em frente.
Apenas o chão. E procurarão apenas milhares de pormenores nas folhas
que se amontoam aos meus pés. Verdes, amarelas, castanhas, secas.
Velhas, amarrotadas. Não vejo ninguém assim. Não vejo olhos, sorrisos.
Também é mais fácil deixar cair as lágrimas. Porque não escorrem.
Caiem directamente e salpicam as folhas mortas.

3 Comments:

  • At 10:32 da tarde, Blogger Diana said…

    olha bem para os teus pés, não são folhas que aí pousam! são estrelas mágicas que saem do teu corpo! estrelas brilhantes que te vão fazer voar para longe desse banco de jardim onde a vida te colocou por breves instantes.

    não olhes para baixo, não inclines a tua vontade. deixa-te levar pelas estrelas mágicas!

     
  • At 10:07 da manhã, Anonymous Anónimo said…

    Folhas caídas. Outono!
    Apenas Outono. Apenas folhas.
    Velhas, caídas, amarelas...
    Olha em frente. Vê a Primavera.
    Vê o sorriso, Vê a coragem do olhar.
    Do olhar em frente,
    Do olhar da Primavera.
    Sem medo!
    O Outono já passou!

    João Lisboa

     
  • At 3:34 da tarde, Blogger Pedro Nobre said…

    Sinto que estás triste... tens que arrebitar... a vida é para ser vivida com coisas bonitas...

    ;)

     

Enviar um comentário

<< Home