abrotea

palavras!simples palavras! patriciags468@gmail.com

sexta-feira, novembro 17, 2006

Desespero….Há dias em que me custa respirar. Viver. Em que é insuportável olhar-me, sentir-me. Em que todas as coisas que me rodeiam e me compõem me parecem demasiado mesquinhas. Não foi assim que sonhei viver. Não é assim que quero viver. Mas é assim que vivo. É nesta realidade que me encontro, para onde a vida me trouxe. Foi para este canto que desembocaram todos os caminhos que percorri. As vezes penso se pudesse voltar no tempo…Não, não gostaria de viver tudo de novo. Gostava, antes, de ter sabido ser mais serena nas minhas escolhas, mais consciente dos riscos, mais corajosa em dizer não. E agora, de nada vale pensar que poderia ter sido tudo diferente. Porque não foi. Nem o será. Nunca mais. E para quem, como eu, sempre achou que podia fazer tudo na vida, entender esta irreversibilidade, aceitar o definitivo, é como tentar respirar o ar todo de uma vez…Sufoca-se…

3 Comments:

  • At 6:55 da tarde, Blogger LA said…

    Cara/o Bloguista:
    Precisava de saber, em princípio, se está interessada/o em inscrever-se no 1º Encontro Nacional de Blogues de Cinema
    (ver http://lauroantonioapresenta.blogspot.com/). Nenhum compromisso, apenas em princípio.
    Favor enviar nome pessoal, e nome e endereço do blogue.
    Favor votar na escolha do work shop caso esteja interessando em participar. Tudo até 30 de Novembro.
    Um abraço (e beijo) do LA

     
  • At 6:55 da tarde, Blogger LA said…

    Cara/o Bloguista:
    Precisava de saber, em princípio, se está interessada/o em inscrever-se no 1º Encontro Nacional de Blogues de Cinema
    (ver http://lauroantonioapresenta.blogspot.com/). Nenhum compromisso, apenas em princípio.
    Favor enviar nome pessoal, e nome e endereço do blogue.
    Favor votar na escolha do work shop caso esteja interessando em participar. Tudo até 30 de Novembro.
    Um abraço (e beijo) do LA

     
  • At 4:15 da manhã, Blogger SMS said…

    Revejo-me completamente em cada palavra tua, em cada sentimento expresso em frases que se sente vindas do mais fundo de ti...
    É dor. É amor. É o sonho desfeito ou irrealizado. É vida a saltar dentro do peito... e que tantas vezes é contida por impossibilidade de gritar ou pela falta de forças para o conseguir...
    Como compreendo essa amálgama de sentimentos, quantas vezes (aparentemente) ambíguos!

    Parabéns. Gostei do que li. Vou regressar sempre que puder.

    SMS

     

Enviar um comentário

<< Home