abrotea

palavras!simples palavras! patriciags468@gmail.com

sexta-feira, outubro 19, 2007

" Gosto de te pensar bem. Feliz. Ainda que o horizonte nos separe. Ainda que não te veja o olhar e desconheça os meandros do teu sentir. Terás saudades? Memórias do tempo em que o teu corpo e o meu..."
Penso, penso. Resisto ao impulso. Fecho os olhos e apago a memória. Às vezes, enrolada em mim, numa cama perdida do outro lado do mundo, lembro-me do teu cheiro. Doce perfume...Lembro-me...E enrolo-me ainda mais em mim, no esquecimento do meu corpo. Na ausência de ti. No escuro da noite.
Onde estás agora? Quantos risos, gestos, palavras distribuis? Onde paira a tua alma?
Enrolo-me no desconforto frio do meu vazio de ti...

2 Comments:

  • At 6:31 da tarde, Blogger Lilith said…

    Fez-me lembrar a letra da canção de Caetano Veloso:
    "Às vezes no silêncio da noite
    Eu fico imaginando nós dois
    Eu fico ali sonhando acordado
    Juntando o antes, o agora e o depois".

     
  • At 5:40 da tarde, Anonymous carolina said…

    Nunca entro em blogs. Entrei aqui por acaso (remissões do google); que bom acaso!
    Lindo!, muito mais que lindo!

     

Enviar um comentário

<< Home